quinta-feira, 28 de abril de 2011

Part time job or part time motherwood?

Pois que também ando assim a modos que (quase) capotada e não ia deixar de
mandar umas “postas de pescada”, apesar de ter para mim que não vão ajudar
em muito... mas vá, fica “o meu caso” como mais um...
Também gosto mais de (na verdade, obrigo-me a) ver o copo “meio-cheio” e
acho que não me devo queixar muito... O trabalho – “ciência” (o que quer
que isso queira dizer) + aulas. O horário – tirando os horários das aulas,
que são fixos, o resto é mais/menos por minha conta... Normalmente,
9h30-17h30/18h00. Pude “dar-me ao luxo” de ficar em casa o 1º ano
inteirinho da pequena cria. Agora, sem stress, se tenho que a levar ao
doutor ou se simplesmente nos apetece ficar em casa um dia juntos... Mas,
por outro lado, há alturas em que trabalho muito mais do que o full time e
o trabalho não é daqueles em que deixe de pensar no assunto quando apago a
luz do gabinete; às vezes estou a tomar banho e saio num instantinho “só”
para ir apontar uma ideia qualquer (que na maior parte das vezes se vem a
revelar bem idiota, mas enfim)...
Mas não me queixo. Podia ser muito pior. Sim, podia. E provavelmente é
muito pior para a maior parte das mães a full time.
Se queria ter mais tempo para o meu filho? Sim! Se às vezes me sinto uma
mãe que nao o é a full time e triste e frustrada por isso? Sim, às vezes
sim. Se já equacionei trabalho em part time? Sim, muitas vezes. Mas depois
penso que então não passaria de uma mãe em part-time e de uma
“trabalhadora” em part time... Mãe a tempo inteiro...? Talvez um dia...
Hoje, acho que seria uma pior mãe a tempo inteiro do que a mãe que sou
hoje... Oh bichinho complicado...
Vá, mas toca lá de encher o copo até meio – não me queixo e na maior parte
dos dias estou contente com a situação laboral e sinto que o meu filho tem
o melhor de mim.
Raquel, também conhecida por Eufémia

4 comentários:

  1. Ainda se vai formar aqui uma fileira revolucionaria à volta dos copos.

    ResponderEliminar
  2. eh pah, mas entao se e' para ser a volta dos copos, que venham tb os tremocos ou uns bons caracois! ;)

    @ D: eh pah, é que me deixaste sem nada de novo para escrever. eh que ate podia era ter assinado por baixo do teu :)

    ResponderEliminar
  3. O meu copito de champanhe onde anda?

    ResponderEliminar